JUSTIFICATIVA

Os Arquivos Médicos são de grande importância para a sociedade, principalmente, para o paciente, médico, familiares e demais profissionais da saúde que deles necessitam.

Neles se encontram diversos tipos de documentos considerados essenciais para um diagnóstico eficiente. 

Considerando que a Resolução 1.821/2007 do Conselho Federal de Medicina em seu Artigo 8º, que "estabelecer o prazo mínimo de 20 (vinte) anos, a partir do último registro, para a preservação dos prontuários dos pacientes em suporte de papel, que não foram arquivados eletronicamente em meio óptico, microfilmado ou digitalizado".

É possível prever que uma instituição não estiver estruturada, para ter uma gestão eficiente de documentos, o constante aglomerado de documentos, e a negligência dos gestores, causará, enorme massas de documentos acumulados, sem necessidade e pouca utilização, em locais inseguros, sem conservação e sem dar a devida importância para um acervo documental, que tem informações que poderão  "salvar e curar" vidas, além de ser excelente material de pesquisa médica.

Arquivo Médico/Arquivo